• Giving Tuesday
%PM, %05 %663 %2019 %14:%Nov.

Fénix, um Programa de Resiliência para Crianças Afetadas por Catástrofes

A Coordenação Nacional de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa cria o Fénix, um Programa de Resiliência para Crianças Afetadas por Catástrofes, com intuito de dar resposta às famílias atingidas pelos incêndios de 2017.

Segundo Gonçalo Órfão, Coordenador Nacional de Emergência, o plano de ação é ajustado "às necessidades dos concelhos envolvidos", que são Oliveira do Hospital, Arganil e Tábua, no distrito de Coimbra, e Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão Grande, no distrito de Leiria.

Na prática, o projeto Fénix "promove competências para gestão de emoções em situações de catástrofe futuras e normaliza os sintomas decorrentes da exposição a situações de exceção".

O trabalho de campo envolve uma equipa multidisciplinar constituída por dois psicólogos a tempo inteiro, uma assistente social e um enfermeiro, além do médico e coordenador Gonçalo Órfão. De acordo com a necessidade, a intervenção varia entre sessões individualizadas ou em grupo.

Entre as principais ações dinamizadas, o coordenador do projeto destaca o apoio às Equipas de Saúde Mental Comunitária e a implementação de um programa de resiliência para crianças em contexto escolar.

"Temos particular atenção aos casos de crianças, uma vez que em cenários de crise e catástrofe ficam particularmente em risco e dependentes do cuidado dos adultos", salientou Gonçalo Órfão.

Financiado pela Direção Geral de Saúde com 50 mil euros, o Programa começou a ser implementado no início deste ano letivo e vai desenvolver-se até março de 2020.

"A sua continuidade terá de ser avaliada mediante as necessidades", frisou Gonçalo Órfão.

 

 

Powered by jms multisite for joomla